terça-feira, 29 de novembro de 2011

Um ponto.

Postado por Laryssa Saboya às 05:50

Olha, você deve tá de brincadeira, eu não sou o tipo de pessoa que gosta de (in)diretas, fale, fale, e pronto, acabou, sem rodeios, é só falar... Fale do mesmo jeito que você come!


L.L.S

1 comentários on "Um ponto."

silvioafonso on 28 de março de 2012 15:15 disse...

.


Por mais que a terra esquente
ou por mais frio que fique o
tempo. A planta sofre com a
morte da folha e a flor não
vinga. Nasce entretanto o fru-
to como surge depois da chuva
o sol em todas as manhãs...

silvioafonso





.

Postar um comentário

E quem pode comigo quando eu digo tudo o que sinto?

Template by:

Free Blog Templates