terça-feira, 5 de outubro de 2010

Flutuando separados.

Postado por Laryssa Saboya às 04:21

Quantas vezes eu estive aqui? Quantas vezes eu me perdi? E quantas vezes eu teria me afogado no mar, se você não estivesse lá pra me resgatar? Nós estamos navegando, navegando toda noite. Estamos flutuando, flutuando separados, pra não mostrar que temos necessidades. Mas eu curaria suas feridas se você sangrasse. Quantas vezes eu te feri? Quantas vezes você se feriu? E quantas vezes você esteve de joelhos, implorando, implorando, por favor, me perdoe. Obrigada por ser tão paciente comigo, eu tenho estado mais forte do que eu deveria estar. Desespero e ciúme cegaram sua mente e você não conseguia ver que eu estava me esforçando por você!

11 comentários on "Flutuando separados."

Malu on 5 de outubro de 2010 05:19 disse...

Olá !
Seu blog é bem legal . :)

Obrigada pela visita , já que gostou ,
junte-se a nós ...

BjO.

Carolaine on 5 de outubro de 2010 05:49 disse...

Olá, eu estava passando pelo blog de um amigo meu, o http://filosofiatecnologicadc.blogspot.com , e vi o seu comentário, resolvi ver então o seu blog. Por sinal é beem legasl ;D, parabens continue sempre assim, escrevendo bem.
Dá uma visitada no meu ?
www.seilaoquenossomos.blogspot.com
Agradeço :)

Yasmine Lemos on 5 de outubro de 2010 08:43 disse...

Tempo nessas horas é o que ressuscita a sensatez.
beijo e um ótimo dia

Bianca Bigogno on 5 de outubro de 2010 08:49 disse...

Sabe.. é realmente muito frustrante quando o nosso esforço não é reconhecido.
Adorei seu espaço Lary, Parabéns mesmo
e obrigada pela visita lá no meu cantinho
volte sempre.

"Quem conhece uma mulher de gêmeos sabe que é muito difícil ver a mesma pessoa por muito tempo." É, eu vivo, sou uma mulher de gêmeos. Muito boa a definição :)

TITA on 5 de outubro de 2010 09:24 disse...

Lary obrigado pela sua visita ao meu cantinho.Volte quando quiser e o meu desejo de hoje é que o amor te traga à tona.Belo texto.Um abraço.

Ana Paula on 5 de outubro de 2010 15:37 disse...

Que lindo!

Não sei se isso provém de algo pessoal, mas acho que você só pode ter certeza do que é amor depois de passar por alguma dificuldade. Espero que depois do ciúme cego ele ainda esteja lá pra "te resgatar de mais um afogamento". ^^'

OBS: Obrigada por passar no meu blog, espero suas visitas mais vezes. Estou seguindo seu blog, estarei lendo e comentando as atualizações sempre que possível.

;*

Thiara Ribeiro on 5 de outubro de 2010 19:44 disse...

Intenso e lindo!

;*

Fatima on 5 de outubro de 2010 20:42 disse...

Obrigada pela visita!
Bjs.

Marcia Kaplun_fas on 6 de outubro de 2010 07:47 disse...

amei parabéns por belas palavras. kisses vc é de mais. obrigada por ter comentado no meu também.

Kαmile Rαbelo on 6 de outubro de 2010 12:02 disse...

Primeiramente retribuindo a visita ^^ Agora elogiando: Texto muito bom, layout que eu adoro, enfim gostei de seu blog. Te seguindo. Beijos

Michele on 15 de outubro de 2010 12:12 disse...

Oi querida, seja bem vinda ao meu espaço. Adorei teu blog.

Vou te seguir. Bjs

Mih

Postar um comentário

E quem pode comigo quando eu digo tudo o que sinto?

Template by:

Free Blog Templates